Google+ Followers

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

AS TRÊS PRIMEIRAS PÁGINAS



Exibição das três primeiras páginas de SIARA volume 1: Quando Martim Soares Moreno chega ao Brasil em 1602; ele conversa com o capitão do navio sobre seu desejo de servir á Coroa Portuguesa na colonização do Novo Mundo.
Aqui Soares Moreno ainda é muito novo e ainda não tem noção do que o destino lhe reserva neste mundo selvagem.
em breve ele será um dos primeiros a desbravar a terra do Nordeste do Rio Grande á terra da Ibiapaba se tornando o homem que vai colonizar o Ceará.

mas até lá muita coisa vai acontecer e estamos estudando para transformar a nossa história em um grande romance dos quadrinhos cearense.
Visite nosso Blog dê sua opinião sobre esse trabalho será um prazer ter a sua contribuição para melhorarmos esse projeto.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

SIARÁ

Estamos dando andamento ao nosso novo projeto de quadrinho cearense.
A minha intenção não é apenas ilustrar a história do Ceará em seus primórdios coloniais no século XVII mas também fazer uso do imaginário, da ficção, como fez José de Alencar em "Iracema"; vamos trabalhar com a história mas não faremos um estudo histórico acadêmico; vamos seguir os parametos e o arcabouço histórico de acordo com o material que colhemos, usando nomes históricos, locais e datas o mais próximo dos fatos possíveis, mas com o quadrinho e sua representação ilustrativa teremos uma liberdade de ampliar a aventura, de exagerar e até de criar situações que possam interpretar a história.

vai ter muita coisa boa nesse projeto sim.

não abandonamos o VIGILANTE URBANO , mas alí temos mais invenções e seguimos a linha do herói, embora não seja um "super-herói" estereotipado; a questão é mais a história. a História do Ceará no Vigilante Urbano se tornou uma ficção a priori para sustentar a razão de ser de uma equipe de defensores humanistas da justiça de um lado e uma sociedade secreta de políticos manipuladores de outro, alí trabalhamos com a injustiça social, a corrupção política e os problemas sociuas, principalmente as drogas.
da  Mas aqui em SIARA é a história pura quem respira, meu amigo. sentimos o vento batendo as naus, a indiada louca em meio a frenesis dos corsários portugueses e dos colonizadores lusos, as praias, a serra, o sertão... tudo será bem representado, estamos trabalhando firme nesse projeto.

e é apenas o começo. pretendo chamar a atenção de artistas que queiram trabalhar comigo nessa, principalmente roteiristas que gostam de história e amantes do Ceará.

em breve nesse espaço estaremos mostrando algumas páginas.